“La Cité des vins et des climats da” Borgonha

Um projeto audacioso e de impacto, que espera gerar mais de 200 mil visitantes anualmente na região da Borgonha.

Depois da Cité du Vin em Bordeaux, a Borgonha, eterna concorrente de vinhos, acaba de lançar o seu grande projeto : La Cité des vins et des climats. Com Beaune, na Côte d’Or, como epicentro.

“Será o templo dos vinhos da Borgonha”, disse o prefeito de Beaune, Alain Suguenot, durante uma visita ao local que terá início no início de janeiro.

A cidade espera se tornar “uma vitrine educacional” do vinhedo da Borgonha e seus “climats” (nome dado aos terroirs da Borgonha), classificado como Patrimônio Mundial pela Unesco em 2015.

Uma meta de 200.000 visitantes por ano

Mas Beaune não é a única cidade a destacar esta herança francesa da viticultura. Na verdade, o projeto está distribuído por três locais da Borgonha. Diferentemente de Bordeaux, onde encontramos La Cité du Vin em um único destino, aqui a atração estará além de Beaune, capital indiscutível dos vinhos da Borgonha, Chablis e Mâcon que receberão os “anexos” da Cité des vins.

Quanto a Dijon, já possui – pelo menos em parte, a obra que deverá ser concluída em 2021 a sua própria Cidade Internacional da Gastronomia e do Vinho. Este último deve se dedicar a promover, além dos vinhedos da Borgonha, a gastronomia francesa.

Entre em contato com o Turismo Francês para organizar uma voagem à Borgonha. Os canais de contato são por e-mail contato@turismofrances.com ou via WhatsApp (11) 95864-4441.

A cidade de Beaune, também famosa pela tradicional venda de vinhos no Hospices de la ville, vai abrigar um espaço público de 19 hectares, com um centro de interpretação e uma vinha, mas também um espaço comercial onde se encontra o projeto hoteleiro do ator Christophe Lambert, que recebeu uma licença de construção.

As autoridades eleitas esperam atrair cerca de 200.000 visitantes anualmente, sem contar os 450.000 visitantes anuais ao Hôtel-Dieu de Beaune e seus hospícios medievais.

Este é um projeto cultural e turístico dedicado à Borgonha, seus vinhos e seus climas. A Cité des vins et des Climats de Bourgogne será composta por três instalações, três portais de norte a sul e cada um oferecerá a seus clientes um encontro excepcional com os vinhos e terroirs de toda a Borgonha.

Com atrações dirigidas a todas as categorias de público, desde iniciantes a conhecedores, de crianças a adultos e adequada para clientes internacionais, é claro. As três instalações serão abertas sucessivamente à partir da primavera de 2022.

Consulte o Turismo Francês para programar uma viagem à Borgonha e desvendar os mistérios dos vinhos e vinhedos dessa região.

A Cidade dos Vinhos e Climas da Borgonha em Beaune é finalmente revelada!

Emmanuelle Andreani, arquiteta, e o Grupo Rougeot criarão o futuro edifício Beaune, em um estilo que evoca o cacho da videira enrolado no arame da treliça. A dupla, em contrato com a cidade de Beaune, trabalhará em estreita colaboração com o Bureau Interprofessionnel des Vins de Bourgogne (BIVB) e a Association des Climats du vignoble de Bourgogne.

A Cité des vins et des Climats de Bourgogne é um projeto cultural e turístico dedicado à Borgonha, seus vinhos e seus climas. Está disponível nos três sites de Beaune, Chablis e Mâcon, de forma a refletir a oferta local e permitir que os visitantes descubram as múltiplas facetas da nossa região. Para mais informações: www.cite-vins-bourgogne.fr

Inspiração: La Cité des Vins et des Climats

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 − dois =